Partilhar

Quais são os métodos contraceptivos

Por Sara Silva. Atualizado: 20 janeiro 2017
Quais são os métodos contraceptivos
Imagem: contraception.about.com

Saber quais são os métodos contraceptivos é uma forma de educação sexual e planejamento familiar que contribui para prevenir gravidez indesejada e doenças sexualmente transmissíveis. Este conhecimento deve ser transmitido aos jovens, femininos e masculinos, quando entram na puberdade, de forma a mantê-los informados e também ajudar a diminuir os índices de gravidez na adolescência. Para ajudar na educação sexual da população brasileira, preparámos este artigo umComo.com.br com os métodos contraceptivos organizados por eficácia. Continue lendo para descobrir!

Também lhe pode interessar: Quais são os tratamentos para engravidar

DIU e SIU

O DIU (Dispositivo Intrauterino) é um pequeno dispositivo feito de cobre que é inserido no interior do útero da mulher por um médico. O SIU (Sistema Intrauterino) é muito semelhante ao DIU, com a diferença que libera um hormônio que origina efeitos secundários, como a redução do fluxo menstrual.

Como impedem a passagem e consequente penetração de espermatozoides no óvulo, apresentam elevada eficácia contraceptiva, podendo proteger a mulher durante 5 a 10 anos, sem causar dor ou incômodo.

Quais são os métodos contraceptivos - DIU e SIU
Imagem: pdg.estiga.com

Injeção anticoncepcional

As mulheres que não pretendem engravidar podem optar pela injeção anticoncepcional, composta por uma combinação de progesterona ou associação de estrogênios e com efeitos de longa duração. As doses podem ser administradas mensal ou trimestralmente, na farmácia mediante apresentação de receita, e aplicadas na região glútea.

Sua ação, vantagens e desvantagens são as mesmas que as da pílula, e representam apenas entre 0,1% a 0,6% de chances de falhar.

Quais são os métodos contraceptivos - Injeção anticoncepcional
Imagem: sinceridadeefe.blogspot.com

Adesivo anticoncepcional

O adesivo anticoncepcional, também chamado de "patch", é colado na pele da mulher, em qualquer local do corpo, e aí deve permanecer durante uma semana. Releva uma alta eficácia contraceptiva ao agir através de hormônios (progestogênio e o estrogênio), porém não é indicado para mulheres acima do peso.

Os adesivos são vendidos em unidades de três, um para cada semana, e ao fim da terceira semana deve fazer-se uma pausa, tal como acontece com a pílula. A cada aplicação deve se escolher um local diferente para colar o adesivo.

Quais são os métodos contraceptivos - Adesivo anticoncepcional
Imagem: quittea.com

Anel vaginal

O anel vaginal consiste em um anel flexível de superfície lisa que contém etonogestrel e etinilestradiol. É colocado na parte superior do interior da vagina ao 5º dia da menstruação, e aí deve permanecer durante 21 dias. Ao fim desse tempo o anel é retirado e realiza-se uma pausa de 7 dias que se procede da colocação de um novo anel.

Quando usado corretamente, a prevenção é de 99%, porém apresenta alguns efeitos adversos como sangramento de escape, cefaleia, ganho de peso, vaginite, leucorreia e expulsão do próprio anel.

    Quais são os métodos contraceptivos - Anel vaginal
    Imagem: usach.cl

    Pílula

    Ainda na lista dos dos métodos contraceptivos mais eficazes, a pílula surge como um dos mais populares. Também chamada de Anticoncepcional Hormonal Combinado Oral (AHCO), apresenta uma combinação de hormônios, geralmente estrogênio e progesterona sintéticos, que inibem a ovulação.

    Devido ao seu fácil acesso em farmácias, muitas meninas tomam a pílula sem orientação médica, o que não é aconselhado.

    Quais são os métodos contraceptivos - Pílula
    Imagem: meuanticoncepcional.com

    Preservativos

    Popularmente chamados de camisinhas, os preservativos são considerados um método contraceptivo do tipo barreira e surgem em formato masculino e feminino. São feitos de látex ou poliuretano e, além de impedirem gravidez (numa eficácia de 90 a 95%), também se revelam eficientes na proteção contra as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), tais como AIDS e HPV.

    Não existem contraindicações relativamente aos preservativos, podendo ser utilizados por qualquer pessoa. Vale a pena lembrar que são descartáveis, pelo que não se deve utilizar a mesma camisinha uma segunda vez.

    Quais são os métodos contraceptivos - Preservativos
    Imagem: entregls.blogspot.pt

    Diafragma

    Como método contraceptivo a mulher pode também usar o diafragma. Este produto consiste num anel flexível envolto por uma borracha fina que é colocado, no interior da vagina, 15 a 30 minutos antes do ato sexual e retirado 12 horas depois.

    O diafragma apresenta uma percentagem de eficácia inferior aos outros métodos contraceptivos acima indicados (apenas 90%), no entanto é uma opção a ter em conta dado que não possui efeitos colaterais e ajuda na redução do risco de câncer de colo do útero.

    O diafragma pode ser reutilizado durante 3 anos e é aconselhada uma consulta médica para começar a utilizá-lo, de forma a saber o tamanho que melhor se adapta à vagina.

    Quais são os métodos contraceptivos - Diafragma
    Imagem: fertilab.net

    Espermicidas

    Os espermicidas são um produto em formato de creme, gel, supositório, spray ou espuma, utilizado para imobilizar e destruir os espermatozoides. Podem ser adquiridos em farmácias sem receita médica e devem ser colocados no interior da vagina antes da relação sexual, tendo um tempo de ação de 2 horas.

    Por não apresentarem uma taxa de eficácia tão alta, é aconselhado o seu uso com o DIU, diafragma ou camisinha. Além disso, quando utilizado sozinho, não protege contra as DSTs.

    Quais são os métodos contraceptivos - Espermicidas
    Imagem: embarazoybebes.com.ar

    Outros métodos contraceptivos

    Além dos métodos contraceptivos acima apresentados, existem outros, menos populares e menos ou mais eficazes. Fique a conhecê-los:

    • Coito interrompido: consiste em retirar o pênis do interior da vagina antes da ejaculação e, apesar de parecer seguro, as chances de engravidar são elevadas pois líquido lubrificante expelido pelo pênis pode contar já alguns espermatozoides;
    • Implante: é implantado no braço da mulher um pequeno bastão que contém hormônios e impede que esta engravide por um período de 5 anos; é muito eficaz mas somente é possível engravidar um ano depois de interromper o uso;
    • Tabelinha: método em que a mulher marca no calendário o seu ciclo menstrual de forma detetar os dias em que pode ter relações sexuais com menor risco de engravidar, no entanto não é muito eficaz pois o ciclo pode sofrer alterações inesperadas;
    • Cirurgia: a laqueadura de trompas e vasectomia são consideradas últimas opções na prevenção da gravidez, por consistem em realizar uma cirurgia às trompas ou bolsa escrotal de forma a impedir a circulação de espermatozoides.

    Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

    Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais são os métodos contraceptivos, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

    Conselhos
    • Consulte seu médico ou ginecologista antes de começar a usar ou a tomar um dos métodos contraceptivos que envolvam hormônios, pois em alguns casos eles são contraindicados.

    Escrever comentário sobre Quais são os métodos contraceptivos

    O que lhe pareceu o artigo?

    Quais são os métodos contraceptivos
    Imagem: contraception.about.com
    Imagem: pdg.estiga.com
    Imagem: sinceridadeefe.blogspot.com
    Imagem: quittea.com
    Imagem: usach.cl
    Imagem: meuanticoncepcional.com
    Imagem: entregls.blogspot.pt
    Imagem: fertilab.net
    Imagem: embarazoybebes.com.ar
    1 de 9
    Quais são os métodos contraceptivos

    Voltar ao topo da página