Partilhar
Partilhar em:

Quais são os sintomas do ácido úrico

Avaliação: 4,8 (1804 votos)
49 comentários
145 vezes partilhado
 
Quais são os sintomas do ácido úrico

A hiperuricemia é o nome dado ao fato de termos o nível de ácido úrico no sangue demasiado alto. Esta substância química é segregada em 70% pelo nosso corpo e os outros 30% estão presentes nos alimentos que ingerimos. O excesso de ácido úrico transforma-se em cristais que se acumulam nas articulações e geram dor. Se acha que pode sofrendo deste problema, preste atenção a este artigo do umCOMO em que lhe explicamos quais são os sintomas do ácido úrico e muitas mais informações que lhe serão úteis.

Também lhe pode interessar: Frutas para reduzir o ácido úrico

O que é o ácido úrico alto

Este ácido é uma substância que o corpo humano gera ao decompor as purinas, umas substâncias que se encontram em muitos alimentos que costumamos ingerir. Assim, a hiperuricemia é a condição na qual os níveis de ácido úrico estão demasiado altos visto que este se acumula porque os rins não o eliminam bem junto à urina. Na maioria dos casos, este excesso dá lugar à formação de cristais em forma de agulha que se depositam em uma articulação ou em várias delas, gerando uma inflamação.

Esta condição pode ocorrer sem sintomas evidentes, ou seja, pode se tratar de uma condição assintomática. De fato, muitas vezes as pessoas que sofrem dela não se dão conta até que o médico observa nas análises de sangue que o nível de ácido úrico supera os valores normais.

Neste outro artigo do umCOMO explicamos-lhe com mais detalhes o que é o ácido úrico.

Causas da hiperuricemia

De forma habitual o nosso organismo produz esta substância devido ao funcionamento do próprio metabolismo e, uma pequena parte em comparação ao total produzido, gera-se pelo processo de decomposição das purinas. Desta forma, as principais causas do ácido úrico alto são as seguintes:

  • Excesso de produção do próprio organismo.
  • Problemas na eliminação deste ácido através dos rins.
  • Alimentação inadequada com excesso de alimentos ricos em purinas.
  • Consumo de álcool e outras substâncias prejudiciais para a saúde.

Além disso, existem diversos fatores de risco que fazem com que certos grupos sejam pessoas com mais facilidade a sofrer desta condição:

  • Pessoas com antecedentes familiares de gota.
  • Consumo habitual de álcool.
  • Consumo habitual elevado de cafeína.
  • Sexo masculino.
  • Situações de muito estresse.
  • Uso de contraste radiológico iodado.
  • Sofrer de hipertensão, diabetes, obesidade e colesterol alto.

Sintomas do ácido úrico alto

Como já referimos esta condição pode ser assintomática, ou seja, pode ocorrer sem apresentar sintomas, mas às vezes há sinais que podem indicar que sofre de hiperuricemia, além dos resultados de uma análise. Há dois sinais que evidenciam sempre de forma fácil esta condição: a gota e as pedras nos rins.

Assim, devido à acumulação de cristais nas articulações, um dos sintomas mais comuns do ácido úrico é a dor no dedão do pé ou joelho, assim como em outras articulações. Isto pode derivar no que se conhece como um ataque de gota.

Além disso, em alguns casos também podem ocorrer dificuldades ao urinar ou problemas renais, a causa da formação de cálculos renais. Os rins são os órgãos responsáveis por eliminar esta substância do organismo através da urina, pelo que a acumulação do ácido úrico pode derivar neste tipo de doenças.

Por isso, os principais sintomas que podem evidenciar um excesso de ácido úrico no sangue são:

  • Dor intensa nos joelhos
  • Dor forte em outras articulações
  • Pedras no rim
  • Febre
  • Taquicardia
  • Dor no dedão do pé
  • Inflamação das articulações
  • Problemas para urinar
  • Calafrios
  • Fadiga
  • Caroços ou altos duros nas articulações

Os caroços ou altos duros podem ocorrer quando o problema da hiperuricemia não se trata ou não é tratado corretamente e vai se agravando até chegar a criar estes altos duros entre outros problemas secundários.

Tratamento para a hiperuricemia

Além disso, é bom conhecer algumas indicações que se costumam seguir para curar ou melhorar este problema de saúde para que, quando o médico o diagnosticar, possa começar o tratamento que indicar e reforçá-lo com algumas recomendações que favorecem a recuperação. Desta forma, o tratamento para o ácido úrico costuma se basear tanto em medicação como em mudanças de hábitos alimentares:

  • Costumam se receitar anti-inflamatórios como o Ibuprofeno ou AINES ou anti-inflamatórios não esteroides. Embora estes últimos não se costumem receitar se sofrer de algum tipo de câncer ou se receber tratamento com radiação ou quimioterapia.
  • Além disso, receitam-se medicamentos uricosúricos, que bloqueiam a absorção do urato.
  • Para prevenir o aparecimento da gota costumam dar-se inibidores da xantina-oxidase, uma enzima, mas deve evitar-se o seu uso em pleno episódio de dor articular intensa, visto que nesse caso pode piorar.
  • Regular a dieta, principalmente reduzindo ou eliminando os alimentos ricos em purinas e bebendo muita água de baixa mineralização.

Além disso, no caso de lhe diagnosticarem hiperuricemia, também podem ser úteis estes outros artigos sobre:

    O que comer se tiver ácido úrico alto

    É muito importante modificar a alimentação para baixar o ácido úrico alto e isto deve ser uma mudança nos hábitos que é recomendável manter no tempo, mesmo que controle o problema da hiperuricemia. Assim, além do tratamento médico que o seu médico indicar e os remédios caseiros que recomendar para o seu caso, deve conhecer alguns dos alimentos que pode comer se tiver este problema, pois não têm purinas ou têm muito pouca quantidade:

    • Alcachofra
    • Aipo
    • Cenoura
    • Cebola
    • Abóbora
    • Cereais
    • Amidos
    • Verduras
    • Maçãs
    • Morangos
    • Cítricos
    • Mirtilos
    • Frango
    • Ovos
    • Água de baixa mineralização

    Além disso, também deve conhecer os alimentos proibidos se tem ácido úrico alto:

    • Carnes vermelhas
    • Embutidos
    • Vísceras
    • Marisco
    • Peixe azul
    • Espinafres
    • Cogumelos
    • Couve-flor
    • Aspargos
    • Legumes
    • Natas
    • Manteiga
    • Bebidas alcoólicas
    • Bebidas com gás
    • Confeitaria industrial

    Como prevenir o ácido úrico alto

    Agora que já conhece as causas, o tratamento possível e os sintomas do ácido úrico é possível que também lhe interesse saber como evitar a hiperuricemia seguindo estes conselhos:

    • Se tiver algum dos fatores de risco referidos, ou seja, se encaixar no perfil de uma pessoa propensa, deve consultar o médico para fazer revisão ou pedir-lhe nas revisões anuais para incluir um exame desta condição.
    • Beba sempre no mínimo 2 litros de água por dia e, se começar a notar os sintomas aumente a quantidade diária.
    • Tome infusões diuréticas e anti-inflamatórias como a camomila e a cavalinha, 2 vezes por semana.
    • Evite alimentos proibidos como o excesso de carnes vermelhas ou mariscos, além dos alimentos referidos no ponto anterior. Além disso, aumente a quantidade de alimentos recomendados para esta condição.
    • Faça um pouco de exercício todos os dias, cerca de meia hora por dia.
    • Vá ao médico perante qualquer indício de algum sintoma antes referido e siga o tratamento que o médico lhe indicar, começando a tratar o problema o quanto antes evita-se que piore.

    Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

    Se deseja ler mais artigos parecidos a Quais são os sintomas do ácido úrico, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

    Comentários (49)

    Escrever comentário sobre Quais são os sintomas do ácido úrico

    O que lhe pareceu o artigo?
    49 comentários
    jose grassi rodrigues
    abaixo do meu tornozelo sai umas bolinhas de agua e cosa.isso e acido urico.ja percebi gue guando como carne as bolinhas aparece.
    Maria Fernanda
    qual e o nível do ácido úrico
    A sua avaliação:
    inesia alves garcia garcia
    CALOR NO PES DOR NOS JOELHOS E NAS JUNTAS DOS DEDOS
    A sua avaliação:
    antonio valente pina pina
    na ultima analise, tinha 9 de acido urico. mas tenho com frequencia, como neste momento, dores no joelhos, passa de um para o outro, tem dor, inchaço e calor, sera gota ou artrite.
    A sua avaliação:
    murilo queiroz
    sinto dores constante nas juntas os mesmos sintomas do acido úrico elevado,mais no exame não consta alteração só o vsh que dar alterado ..como faço pra saber se é de verdade o acido urico
    A sua avaliação:
    Marcia MARINA DA SILVA
    Gostaria de saber fazer exercicios,fazercaminhada andar de bicicleta diminui o acido urico
    Junior Oliveira
    Feijão. É. Benéfico ou não?
    sonilde nunes muniz
    O que posso e o que não posso com acido úrico o medico disse que tenho gota acido úrico e gota e a mesma coisa sonilde nunes muniz 24/04/16
    Maria de Fátima Rocha Pereira
    Tenho o ácido úrico a 4.6... Qual o nível normal? Quais os sintomas? Sinto muitas dores nas costas e debaixo dos pés. Isso afeta estas coisas?
    Catarrina
    Meu ácido está meio alto que faço Seu pouco mas deu Que devo fazer pra abaixar

    Quais são os sintomas do ácido úrico
    1 de 6
    Quais são os sintomas do ácido úrico