Partilhar

Quais os benefícios e malefícios da L-Carnitina

 
Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
Quais os benefícios e malefícios da L-Carnitina

Existem muitos suplementos alimentares que são usados por atletas e frequentados assíduos das academias que buscam o desenvolvimento dos músculos e a perda de peso por meio da queima de calorias. Um produto que reúne essas duas características é a L-Carnitina. Para saber quais são quais os benefícios e malefícios da L-Carnitina, veja as informações que o umComo.com.br reuniu a respeito do assunto.

Também lhe pode interessar: Como tomar L-Carnitina

O que é L-Carnitina

A L-Carnitina é um suplemento alimentar em cápsula ou líquido bastante usado por quem frequenta a academia para queimar gordura e desenvolver a massa magra. A substância é categorizada como aminoácido, porém, o mais correto é afirmar que se trata de um “híbrido” entre vitamina e aminoácido, que é produzido pelo organismo, sendo formada nos rins e no fígado, mas em pequenas quantidades. Por isso, é usada a sua versão sintética, embora possa ser obtida por meio da alimentação, inclusive, ao serem consumidas as carnes vermelhas, soja em grãos e abacate.

Quais os benefícios e malefícios da L-Carnitina - O que é L-Carnitina

Benefícios da L-Carnitina

A L-Carnitina tem a função de levar a gordura do corpo para as células, onde ela é usada como energia, principalmente, com o intuito de fazer funcionar os músculos e o coração. Quando isso não acontece, as moléculas de gordura voltam para o sangue, promovendo o aumento dos triglicerídeos. Desse modo, a sua falta pode causar ao organismo hepatite, ganho de peso e outros problemas de saúde.

Nesse sentido, é possível listar entre os benefícios da L-Carnitina a perda de peso, pois com o consumo do suplemento o organismo tende a queimar mais calorias. Ela também colabora com o aumento do colesterol HDL, popularmente conhecido como colesterol bom. Outra de suas vantagens está no fato de auxiliar na redução da pressão arterial, como uma consequência da menor quantidade de gordura nas artérias.

A L-Carnitina ajuda ainda na hipertrofia muscular, uma vez que ela oferece maior força e resistência para os músculos, o que por sua vez, permite treinos mais intensos e o consequente ganho de massa magra. Há estudos que indicam que o suplemento combate a diabetes tipo 2, porque aumenta a entrada de açúcar nas células, diminuindo a glicose do sangue.

Outros benefícios são o fortalecimento do sistema imunológico, ao diminuir os danos que os radicais livres causam no organismo, e o combate à osteoporose, uma vez que a substância reduz a perda óssea. Isso acontece porque a L-Carnitina faz com que haja um aumento dos níveis de osteocalcina, uma proteína que evita o desgaste precoce dos ossos.

Malefícios da L-Carnitina

Entre os efeitos colaterais do suplemento, os mais comuns são enjoo, vômito, diarreia e dores no abdômen. No entanto, o risco de ocorrer esses sintomas são maiores quando não são respeitadas as doses ideais do consumo de L-Carnitina. Há também o registro de convulsões, porém, os casos são raros e estão mais propícios de acometer pessoas com o histórico do problema. Fraqueza muscular é outro maléfico, mas ainda pouco visto.

Quem usa o suplemento em demasia pode sofrer também de arteriosclerose (entupimento das artérias), uma das causas do infarto. Isso acontece porque as bactérias do intestino transformam a substância em um novo composto, que facilita o acúmulo de gordura nas artérias.

Quais os benefícios e malefícios da L-Carnitina - Malefícios da L-Carnitina

Tomar L-Carnitina

É preciso que os usuários respeitem a ingestão diária da L-Carnitina. Quem deseja perder peso pode iniciar consumindo 500 mg por dia, sendo que o melhor momento para o consumo é antes do café da manhã, quando o estômago estiver vazio.

Por outro lado, há quem garanta que o mais apropriado é ingerir o suplemento junto com a ingestão de carboidratos, pois os níveis de insulina devem estar altos para que a substância entre nos músculos. Além disso, não é aconselhado o consumo superior a 3 gramas por dia. Para saber qual a melhor quantidade conforme as suas necessidades, recomenda-se buscar a opinião do seu médico.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais os benefícios e malefícios da L-Carnitina, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Quais os benefícios e malefícios da L-Carnitina

O que lhe pareceu o artigo?

Quais os benefícios e malefícios da L-Carnitina
1 de 3
Quais os benefícios e malefícios da L-Carnitina

Voltar ao topo da página