Partilhar

Quais são os sintomas da insuficiência renal

Por Sara Viega. Atualizado: 20 janeiro 2017
Quais são os sintomas da insuficiência renal
Imagem: bit.ly

A insuficiência renal é produzida quando a capacidade dos rins para filtrar o sangue sofre uma deterioração progressiva. Os rins são responsáveis por eliminar as substâncias residuais do nosso organismo, assim como de manter e regular o volume de sangue do nosso corpo. Uma deficiência no seu funcionamento pode derivar em acumulação de toxinas e substâncias nitrogenadas no sangue, como a ureia, além de um aumento da creatinina plasmática. Durante a etapa inicial de deterioração funcional do rim, é normal que ainda funcione adequadamente. A piora acontece de forma progressiva. Se quer saber quais são os sintomas da insuficiência renal, não perca este artigo de umComo.

Passos a seguir:
1

Ao ser uma doença de degeneração progressiva, a insuficiência renal passa por quatro fases, cada uma com uma sintomatologia característica:

  • Durante a primeira fase o paciente não costuma apresentar sintomas, pois ainda que tenha uma perda de néfrons, os restantes saudáveis tentam compensar esta ausência.
  • Na segunda fase, o sistema de filtragem já é deficiente e começam a aumentar as quantidades de ureia e creatinina no sangue. Além disso, a função hormonal do rim é alterada, fato que deriva em uma diminuição da produção de glóbulos vermelhos, redução de vitamina D e insuficiência do metabolismo fosfocálcico.
  • Se a doença ainda não foi detectada, os níveis de ureia e creatinina continuam aumentado dando lugar à terceira fase. Aqui, além dos citados, os rins começam a reter outros componentes e substâncias residuais que em condições normais deveriam ser eliminados, como o ácido úrico ou fósforo.
  • Se o paciente atingir a quarta fase precisará com total probabilidade de um método de depuração extrarrenal, geralmente através de diálise ou transplante de rim.
2

Os pacientes que se encontram na segunda fase da insuficiência renal costumam apresentar claros sintomas de hipertensão arterial. Ao começar a diminuir os níveis de cálcio, podem aparecer patologias relacionadas com a manutenção e crescimento dos ossos, como osteoporose ou osteosclerose. Durante as primeiras fases desta doença, considera-se que a insuficiência renal é aguda, mas se não for identificada e iniciado o tratamento, conforme avança a deterioração passa a ser crônica.

3

Durante esta segunda fase, também podem acontecer alterações da função respiratória, como edema pulmonar, provocado pela acumulação de líquidos nos pulmões. Devido à perda de néfrons e alteração da capacidade de filtragem do sangue, outro sintoma muito comum costuma ser o aumento da produção de urina, inclusive durante a noite, assim como a retenção de líquidos. Este último sintoma pode derivar em insuficiência cardíaca se não for tratado.

4

Ao chegar à terceira fase, é comum que o paciente apresente sintomas de anemia. Ao não filtrar corretamente o sangue do nosso corpo, é possível que apareçam hemorragias digestivas, úlceras e infecções, e no caso de feridas, a cicatrização é lenta. Além disso, existe a possibilidade de que a pessoa com insuficiência renal desenvolva uma intolerância à glicose ou diabetes.

5

Durante a última fase os sintomas anteriores aumentam e se intensificam. Além dos já citados, é provável que o paciente com insuficiência renal apresente outros sinais. Os mais comuns são: aparecimento de vômitos e diarreias que, nos piores casos, podem ir acompanhados de sangue.

6

Devido à concentração de ureia e outras substâncias que deveriam ser expulsas, outro sintoma comum costuma ser o hálito urêmico, caracterizado por emitir um cheiro a peixe ou amoníaco. Além disso, é possível que a pele adquira um tom amarelado, uma sensação de coceira, e uma espécie de pó branco depois de suar, conhecido como geada urêmica.

7

No caso das mulheres com insuficiência renal é possível que outro sintoma seja a ausência de menstruação e diminuição de libido. Nos homens, é comum a disfunção eréctil ou impotência. Independentemente do sexo, outra consequência desta doença renal costuma ser a debilidade muscular, inflamação das articulações e, inclusive, princípio de artrite.

8

Em função do estado da doença e gravidade da mesma, a pessoa com insuficiência renal apresentará uns sintomas ou outros. Cada caso é único, por isso é possível que apareçam estes ou outros sinais que avisem da deficiência funcional dos rins. Por isso é importante ir ao médico com frequência e fazer exames de sangue e físicos para identificar este tipo de patologias a tempo.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais são os sintomas da insuficiência renal, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Quais são os sintomas da insuficiência renal

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
HELENA
OI!MEU NOME E HELENA E MINHA MÃE E HIPERTENSA E TEM 69 ANOS E A ANOS FOI DESCUBERTO Q ELA TEM UM RIM D ATROFIADO,SO QUE AGORA ELA FEZ EXAME E A CREATININA DELA DEU 6,5ML,QUAIS OS PROCEDIMENTO A TOMAR E SE TEM ALGUM REMÉDIO PARA DIMINUIR,GOSTARIA DE OBTER RESPOSTA.OBRIGADA
Sara Viega (Editor/a de umCOMO)
Olá Helena, nesse link pode ver várias dicas para normalizar os níveis de creatinina: http://saude.umcomo.com.br/articulo/como-normalizar-os-niveis-de-creatinina-4113.html Espero que resulte! Obrigada pelo seu comentário e continue a acompanhar-nos! ;)

Quais são os sintomas da insuficiência renal
Imagem: bit.ly
Quais são os sintomas da insuficiência renal

Voltar ao topo da página