Partilhar

Qual é o cheiro normal do fluxo vaginal

Por Sara Viega. Atualizado: 25 março 2019
Qual é o cheiro normal do fluxo vaginal

O fluxo vaginal é uma substância viscosa e transparente gerada pelas glândulas que se encontram no interior da vagina, e completamente necessário para garantir uma ótima saúde da zona íntima feminina. Em muitas ocasiões, é normal perceber certas alterações no fluxo vaginal, já que em determinadas etapas pode ser mais abundante do que em outras. No entanto, não é nada favorável que este tenha um cheiro muito forte e desagradável, pois pode ser indicativo de que algo não está bem. No seguinte artigo de umComo respondemos a todas as suas dúvidas, explicamos a você qual é o cheiro normal do fluxo vaginal e a que se devem as irregularidades em seu cheiro e aspecto.

Também lhe pode interessar: Porque meu fluxo vaginal cheira mal?

Cheiro normal do fluxo vaginal

O fluxo vaginal é um fluído que mantém limpa a vagina e a protege de infecções causadas por organismos externos, além de favorecer a sua lubrificação para o momento de ter relações sexuais. É importante saber que a vagina apresenta um cheiro especial, mas que em condições normais o fluxo vaginal não apresenta nenhum cheiro desagradável e que se caracteriza por apresentar uma cor clara e transparente.

Além disso, deve ter em conta que tanto o aspecto como a quantidade do fluxo varia de uma mulher para a outra, e de uns dias para outros. É normal, por exemplo, que durante os dias da ovulação, o fluxo seja um pouco mais abundante, bem como na gravidez e anterior e posteriormente a manter relações sexuais.

Quando me devo preocupar com o cheiro do fluxo vaginal?

Como dissemos, o fluxo vaginal não deve produzir um cheiro desagradável, já que, caso contrário, será um sinal de algum problema de saúde na zona íntima. Se percebe uma alteração no cheiro normal de seu fluxo, e este vem acompanhado também de mudanças em sua cor e textura, deverá visitar o seu ginecologista o quanto antes, já que é muito provável que tenha uma infecção vaginal. Entre as principais causas do mau cheiro do fluxo vaginal encontram-se:

  • Infecções bacterianas como a vaginite bacteriana, que provoca sintomas como fluxo abundante, de cor esbranquiçada ou acinzentada, pouco espessa ou espumosa e com um cheiro intenso e similar ao de peixe.
  • Infecções por fermentos como a candidíase vaginal que provoca sintomas como fluxo branco, espesso e malcheiroso, além de prurido e irritação vulvar, coceira ao urinar e dor ao manter relações sexuais.
  • Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) como a clamídia, a gonorreia e a tricomoníase, que afetam o cheiro normal do fluxo, o qual se torna desagradável, mais intenso e costuma apresentar variações em sua cor habitual sendo amarelada ou esverdeada.

Todas estas infecções requerem tratamento médico imediato para evitar que se agravem, por isso perante a mínima alteração em seu fluxo vaginal, consulte o médico.

Leia também: Corrimento marrom claro, o que pode ser?

Cuidados para prevenir o mau cheiro do fluxo vaginal

Há alguns cuidados diários que pode realizar para manter a sua zona vaginal saudável e prevenir de contrair certas infecções que possam prejudicar e causar, entre outros sintomas, a secreção de um fluxo malcheiroso. Assim, é fundamental que:

  • Mantenha uma boa higiene íntima, usando um sabão que equilibre seu ph natural e evitando, sobretudo, os duches vaginais e a aplicação de sprays, perfumes e sabonetes agressivos.
  • Utilize camisinha em todas as suas relações sexuais para evitar o contágio das DST.
  • Use roupa íntima que favoreça a transpiração da zona vaginal e impeça que se mantenha uma umidade excessiva.
  • Faça um uso adequado dos absorventes internos, limitando-os exclusivamente aos dias de menstruação e não os usando por mais de 4 ou 6 horas.
  • Siga uma dieta saudável que não seja excessiva em fermentos ou açúcares, já que isto poderia causar alterações no ph e propiciar o desenvolvimento de infecções vaginais bacterianas ou por fungos.

Sugestão: Caroço dolorido nos pequenos lábios, o que pode ser?

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Qual é o cheiro normal do fluxo vaginal, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Qual é o cheiro normal do fluxo vaginal

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Maria julia
Eu tenho escorrimento amarelado com cheiro forte mim diga o que posso fazer
Editor umComo.com.br
Oi Maria Julia! Recomendamos que você consulte o seu ginecologista assim que possível para que ele possa fazer um diagnóstico correto e recomendar o tratamento adequado.

Qual é o cheiro normal do fluxo vaginal
Qual é o cheiro normal do fluxo vaginal

Voltar ao topo da página