Partilhar

A cerveja aumenta a pressão arterial?

Por Sara Viega. Atualizado: 26 março 2018
A cerveja aumenta a pressão arterial?

Refrescante, deliciosa e... saudável! Pois é. A cerveja converteu-se em um produto que, consumido sempre com moderação, melhora uma grande quantidade de aspectos no nosso organismo, pois se trata de um alimento nutricionalmente muito completo. A cerveja é uma grande fonte de vitaminas, carboidratos, proteínas e minerais, ideal para regular os níveis no sangue, fortalecer o sistema nervoso, depurar a pele e inclusive controlar o peso.

Quer saber mais sobre esta deliciosa bebida? Então, recomendamos que continue lendo com atenção o seguinte artigo de umComo.com.br. Desta vez vamos responder a uma das perguntas que os hipertensos mais fazem: A cerveja aumenta a pressão arterial? Nas próximas linhas descobrirá se o consumo moderado e regular da cerveja é aconselhável para todos os pacientes com pressão arterial alta.

Também lhe pode interessar: O gengibre aumenta a pressão arterial?

Origem da cerveja

Apesar de sabermos quão ruins podem ser as bebidas alcoólicas consumidas em excesso, é importante que também conheçamos os benefícios para o nosso organismo de um consumo moderado. Um grande exemplo disso é a cerveja, um alimento altamente nutritivo que conta com inúmeros benefícios para a nossa saúde.

A cerveja é, provavelmente, a bebida alcoólica mais consumida globalmente. Para conhecer os seus benefícios é importante que conheça a sua origem e a sua composição. Sua produção vem dos países do norte do continente europeu durante a Idade Média, a ideia era elaborar um produto com o excesso de cultivo da cevada e misturar com flores de lúpulo para conseguir a amargura característica da cerveja.

Benefícios da cerveja

Como referimos antes, o alto valor nutricional da cerveja fez dela uma bebida alcoólica com grandes benefícios para a nossa saúde. Como ajuda a elevar o nível de colesterol bom, considera-se que é um alimento perfeito para todas as pessoas com doenças cardiovasculares.

Os altos níveis de silício da cerveja ajudam a melhorar a saúde dos nossos ossos, contribuindo para obter maior densidade e aumentando a sua força. Por outro lado, vários estudos revelaram que consumir moderadamente esta bebida fermentada diminui o risco de sofrer ataques do coração e melhora o sistema cardiovascular.

Outro órgão favorecido é o rim. O lúpulo da cerveja previne a formação de pedras e, ao mesmo tempo, o alto conteúdo de água na cerveja mantém os rins trabalhando ativamente. Outro benefício entre os mais destacados da cerveja é a diminuição do risco de diabetes, pois o álcool que contém aumenta a sensibilidade à insulina.

E para o cérebro? Também é recomendável! Consumir uma cerveja por dia contribui para reduzir o risco de certas demências como o mal de Alzheimer. Além disso, o risco de sofrer acidentes cerebrovasculares também se reduz, pois esta bebida previne a formação de coágulos no sangue que podem chegar a bloquear o fluxo sanguíneo de pescoço, coração e cérebro.

Por outro lado, ao ser um produto rico em antioxidantes - os polifenóis -, ajuda o nosso corpo a combater o envelhecimento prematuro e, consequentemente, a rápida oxidação das células. No caso das mulheres, consumir cerveja sem álcool pode melhorar a função antioxidante que o leite materno já possui. Além disso, esta bebida fermentada aumenta os níveis de vitamina no nosso corpo, graças ao seu conteúdo de vitamina B12 e ácido fólico.

A dieta mediterrânea conta com a cerveja como produto permitido, devido ao seu alto valor nutricional. Da mesma forma, o seu consumo moderado ajuda a prevenir patologias crônicas e nos ajuda a viver mais tempo, pois reduz o risco de doenças do coração, diabetes ou derrames cerebrais. Incluir bebidas fermentadas na nossa dieta ajudará a melhorar o bom rendimento do nosso organismo, viver mais e mais felizes. Sempre com moderação!

Nestes artigo de umComo contamos para você quais são os benefícios da cerveja e da cerveja sem álcool.

A cerveja aumenta a pressão arterial? - Benefícios da cerveja

Cerveja e hipertensão

Entre os benefícios da cerveja, destaca-se um em particular: trata a pressão alta. Diversos estudos estão confirmando que todo mundo que consome cerveja de forma moderada tem menos probabilidade de desenvolver problemas de pressão alta. Por isso, respondendo à pergunta que formulamos no início, podemos dizer que NÃO, a cerveja não sobe a pressão arterial, muito pelo contrário. Ao ser uma bebida pobre em sódio porém rica em potássio, podemos falar de uma boa relação entre a cerveja e a hipertensão.

Incluir a cerveja em uma dieta saudável e equilibrada, sempre que for consumida moderadamente (entre 1 e 2 copos no caso das mulheres e entre 2 e 3 no caso dos homens), não só trará benefícios, como também ajudará a prevenir algumas doenças.

Posso tomar cerveja se tenho a pressão mais alta do que o normal? A resposta no caso desta pergunta é SIM, pois um copo não implica um risco para a saúde dos hipertensos. Lembre-se que os altos níveis de potássio e baixos de sódio ajudam a manter uma pressão arterial equilibrada. Mas se for hipertenso, deverá manter uma alimentação cuidada e controlada e praticar um pouco de exercício para controlar a pressão.

Não se esqueça que a hipertensão arterial é um dos principais fatores de risco cardiovascular e, como vimos anteriormente, a cerveja é benéfica pois ajuda a reduzir e a prevenir estes perigos e doenças.

Por isso, sabendo da boa relação entre cerveja e pressão alta mas sempre seguindo as indicações do seu médico especialista, pode incluir o consumo moderado de cerveja em seu plano nutricional, com o qual conseguirá estar mais saudável e mais feliz. Não renuncie aos benefícios da cerveja!

Sugestão: Quais são os valores normais dos sinais vitais?

A cerveja aumenta a pressão arterial? - Cerveja e hipertensão

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a A cerveja aumenta a pressão arterial?, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre A cerveja aumenta a pressão arterial?

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
A sua avaliação:
Flavio
Gostei muito de seu artigo e tenho que lhe compartilhar que meu pai sempre tomou sua cerveja no jantar e morreu aos 89 anos ( sem doença alguma ) após ter parado de beber 4 meses antes consequencia de uma pneumonia comum e mortal aos idosos, antes disto ele falava prefiro gastar dinheiro com minha cerveja que com remédios, e a garota da foto? sabe quem é ?
cleomar costa
OLÁ EU TOMO CERVEJA TODOS OS DIAS A TARDINHA PODE FAZER MAL A SAUDE TENHO 40 ANOS

A cerveja aumenta a pressão arterial?
1 de 3
A cerveja aumenta a pressão arterial?

Voltar ao topo da página