Partilhar

Como prevenir a síndrome de Burnout

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como prevenir a síndrome de Burnout

A Síndrome de Burnout, também chamada de esgotamento profissional, cada vez afeta mais os trabalhadores. Trata-se de um estado de esgotamento físico, emocional e mental que gera um sentimento de falta de vínculo emocional em relação ao trabalho. Em consequência, estar desmotivado conduz a uma falta de produtividade no trabalho. Estas pessoas costumam sofrer de insônia, crise de ansiedade e de angústia, depressão, diminuição do rendimento no trabalho, entre outros.

Passos a seguir:
1

Reforçar atividades recreativas. É necessário ter um tempo para realizar atividades que nos gerem prazer e nos permitam desocupar nossa mente.

2

Reforçar relações pessoais. Os vínculos sociais funcionam como um apoio perante estas situações, além de promover reforço positivo.

3

Respeitar horários. É fundamental que os horários das refeições e de descanso sejam cumpridos. O tempo para espairecer do ambiente de trabalho permite que nossa mente renda mais.

4

Diferenciação. É importante poder diferenciar o trabalho do lado pessoal. Quando terminar o horário do trabalho, faça com que os problemas relacionados com o trabalho fiquem ali. Não leve o trabalho para casa.

5

Faça exercício físico para poder relaxar a mente e o corpo. Os exercícios de relaxamento e respiração também são recomendáveis para estes casos.

6

Consulte um profissional de saúde se considerar que esta situação não pode ser superada por você mesmo. Ele recomendará um tratamento adequado.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como prevenir a síndrome de Burnout, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Mental.

Escrever comentário sobre Como prevenir a síndrome de Burnout

O que lhe pareceu o artigo?

Como prevenir a síndrome de Burnout
Como prevenir a síndrome de Burnout

Voltar ao topo da página