Partilhar

Como tratar a escarlatina

Por Perla Rossetti. Atualizado: 20 janeiro 2017
Como tratar a escarlatina
Imagem: Escola Britannica

Normalmente tratada por um médico, a escarlatina é uma doença infectocontagiosa que atinge, na maioria das vezes, crianças de 5 a 15 anos de idade. O período mais comum de manifestação é entre o outono e a primavera. Aprenda em umComo.com.br como tratar a escarlatina da forma adequada para evitar complicações.

 

Também lhe pode interessar: Como se pega escarlatina

Procure ajuda médica para o tratamento

Causada pela bactéria Streptococcus Hemolítico, a escarlatina provoca machas vermelhas e ásperas que se alastram pela pele do tórax e outros membros do corpo. Outros sintomas comuns na doença são febre, dor de garganta e vômito.

Analgésicos e antitérmicos são úteis apenas para aliviar os sintomas da escarlatina. Para diagnóstico e tratamento corretos, procure por um médico que pode ser um Clínico Geral, Dermatologia, Infectologista, Otorrinolaringologista ou o Pediatra no caso de pacientes infantis.

O especialista identificará escarlatina no próprio consultório. Ele coletará amostras da bactéria na garganta da criança e um fará um teste cujo resultado fica pronto em apenas meia hora.

Médicos receitam penicilina e antibióticos

Mesmo para crianças, na maioria das vezes os médicos receitam penicilina para o tratamento da doença por cerca de 10 dias. Já no caso de pacientes alérgicos a essa droga, são administrados antibióticos como a Eritromicina.

Por isso, é importante estar preparado para fornecer na consulta médica todos os dados sobre a criança ou adolescente.

Informe há quantos dias os sintomas como a dor de garganta e febre apareceram, histórico médico da criança, alergias, remédios administrados antes da consulta, entre outros.

O tratamento médico impede o aparecimento de algumas complicações comuns nesse quadro como abscesso nas amígdalas, pneumonia, febre reumática e lesões renais.

 

Repouso e alimentação são importantes na recuperação

Os médicos recomendam repouso absoluto enquanto o tratamento faz efeito. Coma ou dê à criança ou adolescentes alimentos leves e saudáveis como frutas e vegetais, que sejam fáceis de engolir. Ovos, alho e aspargos contribuem com a recuperação da pele. Evite frituras, doces e café.

Beba muito líquido. Mesmo quentes, sopas e chás ajudam a aliviar a dor de garganta. Porém, na hora do banho, evite altas temperaturas que prejudicam a pele irritação e com manchas.

Outras dicas caseiras reduzem o desconforto causado pela doença como umidificar o ar da casa com umidificadores elétricos ou bacias com água para evitar irritações na garganta.

Evite ambientes com ar condicionado que ressecam as mucosas. Não fume cigarro ou use produtos de limpeza com cheiro forte que irritam à garganta.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar a escarlatina, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Como tratar a escarlatina

O que lhe pareceu o artigo?

Como tratar a escarlatina
Imagem: Escola Britannica
Como tratar a escarlatina

Voltar ao topo da página