Partilhar

Como ter uma alimentação equilibrada

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como ter uma alimentação equilibrada

A alimentação é um dos fatores que tomam mais importância na manutenção de uma vida sadia e saudável de qualquer pessoa. Em todas as idades é indispensável ter uma alimentação balanceada, na qual sejam ingeridos todos os tipos de nutrientes, e adaptada às necessidades de cada etapa da vida. Neste artigo de umComo damos alguns conselhos sobre como ter uma alimentação equilibrada.

Também lhe pode interessar: Como ter uma alimentação saudável

Infância

A alimentação equilibrada começa já nos primeiros anos de vida de uma pessoa, de tal forma que os pais e tutores devem alimentar os pequenos da casa de forma balanceada. Desta forma, irão sendo adquiridos hábitos nutricionais corretos e será mais fácil mantê-los ao longo da vida.

Na etapa infantil, a alimentação deve responder às necessidades energéticas dos pequenos, mediante alimentos com alto teor de calorias em pequenas e frequentes refeições. É necessário cuidar especialmente do fornecimento de proteína, cálcio, ferro e vitaminas A e D. Do mesmo modo, é importante aumentar a atividade física, evitar o sedentarismo para prevenir problemas cada dia mais comuns como a obesidade infantil.

Adolescência

Esta etapa da vida é caracterizada por um rápido crescimento e desenvolvimento, fato que demanda maiores necessidades de energia e alguns nutrientes. Esta necessidade já é diferente em meninos e meninas, já que eles precisam de mais proteína do que elas. Durante a adolescência, devem-se instituir hábitos alimentares e de atividade física corretos; as restrições energéticas podem levar a deficiências nutricionais.

Cabe destacar que as meninas precisarão de mais ferro para repor as perdas menstruais, e os adolescentes de ambos os sexos deverão garantir o consumo de cálcio necessário para que o rápido crescimento da massa óssea desenvolva-se com total normalidade.

Idade adulta

Ainda que possa parecer ousado não fazer distinção entre os diferentes grupos de idade, a verdade é que as necessidades nutricionais não variam muito entre os 19 e os 50 anos, exceto durante a gestação e lactância.

Desta forma, os adultos deverão ter uma alimentação balanceada, combinada com exercícios físicos, para evitar o sedentarismo próprio de muitas profissões e ofícios. Uma correta alimentação ajudará a prevenir doenças como a obesidade, mas também evitará problemas cardiovasculares ou a osteoporose.

Idade avançada

Ao chegar a velhice, os fatores nutricionais, junto ao estilo de vida e outros aspectos relacionados com a saúde, aumentam sua importância. Este grupo requer menor quantidade de energia, mas torna-se imprescindível a ingestão abundante de determinados nutrientes como as vitaminas e os minerais. Muitas vezes, influenciarão na alimentação outros fatores como doenças e patologias, problemas de mastigação, consumo crônico de fármacos com interações com determinados alimentos, etc.

As pessoas de idade avançada deverão manter-se ativas, dentro de suas possibilidades, e consumir alimentos com alta densidade de nutrientes. Da mesma forma, deve-se zelar pela ingestão de cálcio, vitamina D, aumentar o consumo de vegetais, etc. E, especialmente, vigiar a ingestão de água e líquidos.

Gravidez

As mulheres grávidas deverão ter uma alimentação equilibrada e cobrir as necessidades de energia e nutrientes que contribuam com o crescimento do útero, da placenta e dos seios, para cobrir as necessidades do feto e para manter em bom estado o armazenamento de nutrientes da mãe. Ainda assim, a manutenção do peso adequado da mulher será fundamental para a gravidez, já que se for baixo pode condicionar o peso do bebê e haver risco de doenças. Enquanto que se houver sobrepeso, vê-se aumentada a possibilidade de complicações como diabetes e hipertensão durante a gestação.

Nesta etapa, o consumo de ferro, cálcio e zinco deve ser maior; bem como a ingestão de vitaminas A, D, K, B1, B2, B6 e do ácido fólico. Após a gravidez e durante o período de lactação, a mãe precisará também de um consumo extra de energia e nutrientes.

Ingestão recomendada de energia e nutrientes

Neste quadro, vemos as necessidades energéticas separadas por categorias de idade. Para uma atividade leve reduzir 10% as necessidades de energia e para atividade alta aumentá-las 20%. Você pode ver também nosso artigo sobre quantas calorias devo consumir cada dia de acordo com a idade.

Como ter uma alimentação equilibrada - Ingestão recomendada de energia e nutrientes

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como ter uma alimentação equilibrada, recomendamos que entre na nossa categoria de Vida Saudável.

Conselhos
  • Além de comer saudavelmente e de forma equilibrada, você deverá realizar exercício físico.

Escrever comentário sobre Como ter uma alimentação equilibrada

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Pedro Mendes de Carvalho
Tenho 67 anos de idade, como posso ter uma alimentação adequada à minha idade e equilibrada.

Como ter uma alimentação equilibrada
1 de 2
Como ter uma alimentação equilibrada

Voltar ao topo da página