menu
Partilhar

Coriocarcinoma: tratamento, sintomas e causas

 
Por Redação umCOMO. Atualizado: 8 novembro 2019
Coriocarcinoma: tratamento, sintomas e causas

O coriocarcinoma é uma condição que ocorre, geralmente, após a gravidez (normal ou ectópica), após um aborto espontâneo ou após uma interrupção da gravidez. É um tipo de câncer que se desenvolve no útero e que é extremamente perigoso, uma vez que a células cancerosas se multiplicam e espalham para outros órgãos como os pulmões. O coriocarcinoma surge nos tecidos do útero e, através da corrente sanguínea, vai se espalhando gradualmente. Mulheres com uma gravidez molar - uma complicação do desenvolvimento do feto - têm um risco maior de desenvolver este problema, que pode ser benigno ou maligno. Se você gostaria de saber mais sobre coriocarcinoma: tratamento, sintomas e causas, continue lendo este artigo do umCOMO.

Coriocarcinoma: Causas

As causas do coriocarcinoma ainda são desconhecidas. Contudo, sabemos que o risco de gravidez molar aumenta em mulheres com uma dieta baixa em proteínas e com deficiências de outros nutrientes.

Dica: Acesse esse artigo para saber como comer durante a gravidez.

Coriocarcinoma: Sintomas

A paciente pode não manifestar sintomas até o câncer atingir fases avançadas. A gravidez pode, no início do coriocarcinoma, parecer um gravidez perfeitamente normal. O médico deve procurar sinais como sangramento vaginal e crescimento de tumores em outras partes do corpo no momento do diagnóstico. Contudo, em alguns casos, os sintomas apresentados incluem:

  • Cistos nos ovários
  • Hemorragia vaginal
  • Vômitos ou náuseas
  • Dor abdominal (baixa)
  • Inchaço anormal do útero
  • Descarga anormal do mamilo
  • Abdômen inchado (devido ao crescimento uterino)
  • O útero não reduz o tamanho após o parto

Coriocarcinoma: Diagnóstico

Para fazer o diagnóstico do cariocarcinoma, o médico fará um exame pélvico interno para detetar a presença de potenciais tumores. O médico pode avaliar o tamanho ou a forma do útero caso tenham um tamanho incomum.

Também é possível que o especialista peça para realizar um ultrassom, um exame com ondas sonoras que deteta a presença de tumores. Os níveis do hormônio da gravidez são avaliados através de exames de sangue - caso a mulher não esteja grávida mas tenha o hormônio presente, é possível que esse seja um indício de coriocarcinoma.

Coriocarcinoma: tratamento, sintomas e causas - Coriocarcinoma: Diagnóstico

Coriocarcinoma: Tratamento

  • Quando o cariocarcinoma é detetado em estágios iniciais, o tratamento pode se revelar muito eficaz. O principal tratamento consiste em grandes doses de medicamentos quimioterápicos que matam as células cancerosas que podem ser administradas por injeção ou por via oral, pois a quimioterapia viaja através das células tumorais.
  • O cariocarcinoma também pode ser tratado através da remoção cirúrgica do útero, um procedimento conhecido como histerectomia. Contudo, não é um tratamento comum para tratar este problema.
  • Caso o câncer afetar o cérebro, pode ser recomendada radioterapia. A doença é especialmente difícil de tratar quando as células de câncer alcançam o fígado ou o cérebro.

A recuperação está dependente das células cancerosas, quanto mais espalhadas estiverem pelo corpo, menores são as chances. Detetar a doença em estágio inicial é essencial para melhorar os resultados dos tratamentos, sendo que a taxa de recuperação é bem alta quando a doença é diagnosticada numa fase precoce. Em pacientes que tiveram gravidez molar, o acompanhamento cuidadoso é essencial para detetar a doença. Mesmo com metástases, o coriocarcinoma tem uma alta taxa de cura.

Coriocarcinoma no homem

O coriocarcinoma é um tipo raro e agressivo de câncer testicular que também pode ocorrer em homens adultos. Como no caso da mulher, têm tendência a disseminar rapidamente para outros órgãos como cérebro, ossos e pulmões. É um tipo de câncer muito raro, afetando menos de 1% dos homens que sofrem de câncer testicular. Geralmente, está associado a outros cânceres.

Dica: Confira quais são os sintomas de câncer nos testículos nesse artigo do umCOMO.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Coriocarcinoma: tratamento, sintomas e causas, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Conselhos
  • Perante a presença destas manifestações clínicas, consulte um médico.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Coriocarcinoma: tratamento, sintomas e causas
1 de 2
Coriocarcinoma: tratamento, sintomas e causas

Voltar ao topo da página