Partilhar
Partilhar em:

Como tratar o colesterol alto

Passo a Passo
Avaliação: 4,9 (32 votos)
4 vezes partilhado
 
Como tratar o colesterol alto

Hoje em dia, ter o colesterol alto é uma condição muito comum entre a população, entre outros motivos, é a causa dos maus hábitos alimentares e a vida sedentária. De modo que, uma simples análise de sangue poderá revelar-nos se nós nos encontramos dentro desse grupo que sofre de hipercolesterolemia. Em caso afirmativo, será imprescindível tomar medidas para reduzir os valores do colesterol e mantê-los nos valores considerados normais. Em umComo queremos ajudá-lo e, por isso explicamos-lhe em detalhe como tratar o colesterol alto e esperamos que esta informação lhe seja útil.

Também lhe pode interessar: Por que tenho o colesterol alto
Instruções:
1

Em primeiro lugar, é necessário entender a diferença entre o chamado colesterol bom e ruim e saber quais são os níveis recomendáveis deste lípido:

  • Colesterol bom ou de alta densidade (HDL): é responsável por pegar no colesterol em excesso e redirecioná-lo para o fígado para que seja expulso do organismo. É recomendável que o seu valor supere os 60 mg/dL e, para isso, será fundamental seguir uma dieta equilibrada e a realização de exercício físico frequente.
  • Colesterol ruim ou de baixa densidade (LDL): no entanto, este tipo de colesterol é o que se adere às paredes das artérias e impede a correta passagem do sangue até ao coração. O valor correto deverá ser inferior a 100 mg/dL e aqueles que ultrapassem os 160 mg/dL de colesterol LDL sofrerão de hipercolesterolemia.
2

Assim, aquelas pessoas que superem os níveis normais de colesterol - comprovável através de uma análise de sangue - deverão tomar medidas oportunas para reduzir os valores elevados de colesterol e evitar assim as complicações que podem resultar desta condição. Por isso, será fundamental que consulte o seu médico sobre a dieta a seguir e se é necessário algum tratamento médico no seu caso específico.

3

No entanto, existem recomendações gerais que lhe ajudarão a tratar o colesterol alto e conseguir assim diminuir os valores excessivos. Entre eles, podemos destacar o papel fundamental da alimentação, uma vez que recebemos a maior parte do colesterol através do que comemos.

Assim, devemos eliminar da dieta determinados produtos que aumentam de forma considerável o colesterol ruim. Entre eles podemos destacar os seguintes:

  • Carnes vermelhas e de caça: são preferíveis as carnes magras.
  • Vísceras e seus derivados: patê, foie gras, ovas de peixe, etc.
  • Enchidos e fiambre.
  • Mariscos e também as suas versões enlatadas e em conserva.
  • Ovo, sendo a gema a parte que contém excesso de colesterol.
  • Lácteos ricos em gorduras, devem ser substituídos pela sua versão magra ou light.
  • Gorduras e azeites: manteiga, óleo de coco, bacon, etc.
4

Pelo contrário, também existem alimentos benéficos para aumentar o colesterol bom e reduzir o ruim como é o caso de:

  • Cereais integrais: aveia, cevada, etc.
  • Vegetais de folha verde: alface, couve ou couve de bruxelas, espinafre, entre outros.
  • Frutas: maçã, cítricos, uvas, etc.
  • Peixes azuis: salmão, sardinhas, truta, atum, etc.
  • Legumes: soja, lentilhas, etc.

Pode encontrar mais informação nos nossos artigos sobre os alimentos que aumentam o colesterol bom e o que não posso comer se tenho colesterol.

5

O exercício físico também é fundamental para tratar o colesterol alto, por isso deverá seguir uma rotina de atividade física para o ajudar a combater o excesso de colesterol no sangue. Com isto não estamos querendo dizer que se deva tornar em um esportista profissional da noite para o dia, mas sim que deverá procurar fazer exercícios e esporte que goste e que lhe ajudem a se manter ativo.

Desta forma, entre os melhores exercícios para reduzir o colesterol, encontramos alguns como a natação, caminhar, trotar, andar de bicicleta... Poderá fazer o que preferir, mas deverá praticar exercício de forma rotineira e evitar totalmente a vida sedentária.

6

Para além disso, deverá manter o estresse longe e optar por um dia a dia tranquilo e mais relaxado possível. Existem vários estudos médicos que têm demonstrado que pessoas que sofrem de estresse são mais propensas a ter níveis de colesterol altos e, por sua vez, são mais propensas a sofrer de doenças cardiovasculares.

Por este motivo, pode ser recomendável praticar atividades e técnicas de relaxamento como o yoga, pilates ou meditação. Poderá levá-las a cabo na sua casa e com certeza que se tornam bastante benéficas nos momentos de maior estresse.

7

Em alguns casos concretos, o médico pode considerar apropriado receitar medicamentos que ajudem a reduzir ou manter os níveis de colesterol. No entanto, todo o tratamento farmacológico deverá estar sempre sob supervisão médica. Do mesmo modo, será fundamental que informe o seu médico se estiver tomando outro fármaco ou estiver sendo submetido a qualquer outro tratamento.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como tratar o colesterol alto, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Como tratar o colesterol alto

O que lhe pareceu o artigo?

Como tratar o colesterol alto
1 de 8
Como tratar o colesterol alto